Blog

Saiba tudo sobre roteadores

Uma das maiores queixas das pessoas que adquirem um plano de internet é com relação ao sinal. Muitos desejam ter uma internet mais rápida. Porém, é preciso lembrar que uma rede com muitos computadores e celulares precisa ser organizada. E para que ela funcione da melhor maneira possível, o ideal é apostar em roteadores.

O que é?

O roteador é um aparelho que organiza e auxilia na composição da rede. Ele é utilizado para enviar informações dos dados do modem para os computadores e celulares, permitindo que todos esses dispositivos tenham acesso à rede.

Como funciona?

Imagine que você acabou de comprar um pacote de banda larga. Juntamente com esse serviço, você também receberá um modem. Porém, esse aparelho garante apenas o acesso a um único ponto. Você não mora sozinho (a) ou adquiriu os dados para o escritório? Nesse caso, você vai precisar de um roteador. Esse item permite que outros computadores, celulares e demais aparelhos tenham acesso à rede. Sem falar que, ao identificar uma nova máquina, o aparelho estabelece um IP para ele. Dessa forma, ele mantém todo o tráfego organizado.

Quais os tipos?

Existem dois tipos de roteadores: os estáticos e dinâmicos. Os primeiros geralmente são mais baratos, pois também atuam de forma simplificada. Esse tipo de aparelho dá preferência à distâncias mais curtas no momento de enviar os dados, mas não leva em consideração o congestionamento da rede.

Já os roteadores dinâmicos utilizam algoritmos para analisar a rede e conferir suas condições. Sua prioridade não são as rotas mais curtas, mas sim as eficientes. Dessa forma, distâncias menores e congestionadas não ganham preferência. Além disso, alguns modelos também conseguem comprimir os dados, garantindo uma melhor transferência e, consequentemente, uma transmissão mais eficaz. Por esse motivo, esse item é mais sofisticado, moderno e caro.

Como escolher?

Para escolher os melhores roteadores, você deve levar em consideração alguns requisitos:

– Velocidade de acesso: ela mostra com qual velocidade os roteadores conseguem transmitir os dados. Isso garante maior rapidez de acesso e downloads, por exemplo.

– Padrão de conectividade: apresenta a frequência com que os dados são passados do roteador para os aparelhos.

– Antena: ela é responsável pelo alcance que o sinal vai ter. Ou seja, o ideal é apostar em um aparelho com uma antena potente, para garantir um sinal que contemplará uma amplitude maior.

Onde colocar?

Pode até parecer óbvio, mas é importante reforçar. Já foi comprovado fisicamente que o melhor local para colocar roteadores é no centro das casas. Pois, quanto mais próximo da antena, melhor será o acesso do dispositivo. Porém, não esqueça de levar em consideração as paredes. Elas acabam prejudicando o sinal.

< Voltar

SUGESTÕES PRA VOCÊ